Dalva Agne Lynch

Textos


 Texto em português abaixo do original em inglês
 
 
LETTER TO A BEAUTIFUL PRINCESS
 
To my daughter Suzi, on her birthday
 
 
Dalva Agne Lynch
 
 
 
 
From the mists of time a Princess came to me carrying a frail child in her bosom and another little one by the hand.
 
Fierce was the green of her eyes and sharp was the steel of her sword. She had fought and won many battles. She had been lonely among the throngs, broken behind her smiles. She had crossed many frontiers and many mountains. Her strong arms had carried many other little ones through the rough of the Path, even when she herself was stumbling on the harshness of the road.
 
And after so many battles she came to me - carrying her frail child in her bosom and another little one by the hand.
 
"Beautiful Princess", I asked, "why did you come to me from the mists of time?" And she silently put her frail child into my arms. I hugged him close and looked into the depts of his eyes. Sudenly the mistery of the Universe was clear to me and my whole existence made sense.
 
Because I´ve lost you, beautiful Princess - but you came back to me bearing gifts of life.
 
What else can I tell you today as I light a birthday candle for you for the first time in 26 long years?
 
I know. I´ll tell you how I admire your strength, your willpower, your courage.
 
I´ll tell you how you´ve made my entire life more meaningful and beautiful as you once again filled my house with "the patter of little feet" and the sound of childish voices. How you came to heal old open wounds and hurts.
 
I´ll tell you how I´ve painted your picture without ever seeing your face because my heart knew you even from afar. I saw you every night in my dreams throughout those long years of waiting.
 
I´ll tell you not of those nights weeping for you, but of the beautiful morning when you came back to me.
 
I´ll tell you how I´ve waited for this very day. How you´ve filled my empty spaces. How I love to know I´ll get up in the morning and rejoice because the dream´ll not have ended. You are here with me.
 
Above all my beloved Princess, I´ll tell you how unconditional is my love for you, and how glorious it is that you came to me from the mists of time, carrying your frail child in your bosom and your other little one by the hand.
 
My beautiful Princess, my world is now complete.
 
With everlasting love,
 
Your Mommy


Versão em português 
 
 
CARTA PARA UMA LINDA PRINCESA
 
Para minha filha Suzi, no seu aniversário
 
 
Dalva Agne Lynch
 
 
 
Desde a névoa de tempos idos, uma Princesa veio a mim, trazendo uma frágil criança nos braços, e outro pequenino pela mão.
 
Penetrante era o verde de seus olhos, e afiado o aço de sua espada. Ela havia lutado e vencido muitas batalhas. Fora solitária em meio às multidões, quebrantada por detrás de seu sorriso. Cruzara muitas fronteiras e muitas montanhas. Seus braços fortes haviam levado muitos outros pequeninos pelos altos e baixos do Caminho, mesmo quando ela mesma tropeçava na aspereza da estrada.
 
E depois de tantas batalhas, ela veio a mim - trazendo uma frágil criança nos braços, e outro pequenino pela mão.
 
"Linda Princesa", perguntei eu, "por que vieste a mim desde a névoa de tempos idos?" E ela silenciosamente colocou sua frágil criança nos meus braços. Abracei-o e olhei bem no fundo de seus olhos. E, de repente, o mistério do Universo se fez claro, e toda minha existência fez sentido.
 
Porque eu te havia perdido, linda Princesa - mas voltaste para mim, trazendo dádivas de vida.
 
O que mais eu te poderia dizer hoje, ao acender-te uma vela de aniversário pela primeira vez depois de 26 longos anos?
 
Ah, mas eu sei. Vou dizer-te o quanto admiro tua força, tua coragem.
 
Vou contar-te de como fizeste minha vida inteira ter mais significado e mais beleza, quando outra vez encheste meu lar com o ruído de pequenos passos, e o som de vozes infantis. Vou contar-te de como vieste curar antigas feridas ainda abertas.
 
Vou contar-te de como pintei teu retrato sem jamais ter visto tua face, porque meu coração conhecia teus traços mesmo de tão longe. Vislumbrei-te todas as noites, em meus sonhos, durante aqueles longos anos de espera.
 
Não te vou contar daquelas noites, chorando por ti, mas sim da linda manhã de quando tu retornaste para mim.
 
Vou contar-te de como esperei por este dia de hoje. Como tu preencheste meus espaços vazios. Como eu amo saber que acordarei pela manhã e me regozijarei, porque o sonho não estará findo. Tu ainda estás aqui comigo.
 
Acima de tudo, minha amada Princesa, vou dizer-te o quão incondicional é o meu amor por ti, e quão glorioso é saber que vieste desde a névoa de tempos idos, trazendo tua frágil criança nos braços, e teu outro pequenino pela mão.
 
Minha linda Princesa, agora meu mundo está completo.
 
Com amor eterno,
 
Tua mamãe
Dalva Agne Lynch
Enviado por Dalva Agne Lynch em 04/08/2011
Alterado em 21/10/2014

M�sica: Baby´s Love for Her Parents - Raimond Lap

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Endereço da autora na REBRA: http://rebra.org/escritora/escritora_ptbr.php?id=1158